FILOSÓFICA

Ementa: 

Reflexão filosófica sobre a filosofia. Origens e fontes da filosofia no Ocidente. O ato filosófico como tomada de consciência crítica, como reflexão e posição diante do mundo. Os desenvolvimentos específicos da filosofia. Mostrar como a Filosofia pode ajudar na formação dos interessados para o ministério sagrado, na pregação da Palavra, a partir de reflexões sobre conceitos e práticas que interferem na realidade social e na formação do bacharel em teologia, tendo como objetivo demonstrar que não é possível entender a teologia sem considerar a dinâmica das questões filosóficas que, ao longo da história, contribuíram para a formação do pensamento ocidental. Busca, também a conscientização e desenvolvimento do estudante no sentido de trabalhar a questão da racionalidade, com o exame de problemas relacionados com a questão do conhecimento e da cultura. Analisar os tipos de relacionamentos que as igrejas e denominações cristãs, como instituições sociais e culturalmente organizadas de gestão do sagrado, têm mantido historicamente com as sociedades e culturas; analisar criticamente as suas estratégias de transformação e de acomodação social, à luz dos atuais conhecimentos oriundos das ciências sociais e humanas, levando os alunos a uma discussão de estratégias de intervenção pastoral nessa realidade social na qual a Igreja cristã se insere, levando sempre em conta o contexto conflitivo e competitivo suscitado pela modernidade, urbano-industrialização, secularização, globalização, pós-modernidade e, finalmente, pela exclusão social de várias camadas de nossa sociedade, com a expectativa de que o estudante de teologia seja beneficiado com o estudo desse período e problemas polêmicos da Filosofia e da sociedade, amadurecendo a sua capacidade de pensar a vida humana, as crises da razão e seus desafios, suas limitações e possibilidades em uma sociedade confusa, complexa, enferma.


Saltar Navegação